Alimentação

Tamanho da letra

Alimentos que aumentam a libido

Muitos alimentos estão relacionados ao aumento do desejo sexual, são os chamados alimentos afrodisíacos. Seu nome tem origem da palavra grega “Aphrodisíacos”, que excita os apetites carnais, e é também da mesma origem o nome da Deusa grega Afrodite, deusa do amor e da sensualidade.
São considerados afrodisíacos os alimentos cujo agente químico, aroma, sabor, textura ou cor remetem ao estímulo do desejo sexual.
No geral uma boa e balanceada alimentação controla o peso e beneficia a saúde levando ao bem estar. E é exatamente o que fará com que a libido não caia das alturas, mas a seguir serão listados exclusivamente alguns alimentos com propriedades afrodisíacas:

•Chocolate: O chocolate é um alimento que estimula vários sentidos. Seu aroma e sabor associados à suculência de sua textura derretendo na boca têm ainda a explicação do modo como ele reage no organismo. O chocolate é rico em triptofano, aminoácido indispensável para a formação de serotonina, este neurotransmissor responsável pelo prazer e bom humor; contém ainda feniletilamina, a famosa substância da paixão que melhora  disposição e bem estar. O cérebro de uma pessoa apaixonada, libera feniletilamina em maior concentração do que no habitual.
E para fechar com chave de ouro, o chocolate é rico em flavonóide, um fitoquímico capaz de aumentar o óxido nítrico, um estimulante do fluxo sanguíneo capaz de causar e manter a ereção.

•Laticínios (leite, queijo e iorgurte): são ricos em cálcio, indispensável para a contração muscular efetiva, a qual ocorre no processo do orgasmo.
Contém também arginina, aminoácido diretamente relacionado à liberação do óxido nítrico, o responsável pelo fluxo de sangue aumentado nos corpos cavernosos do pênis e clitóris.

•Salmão e atum: são ricos em ácidos graxos essenciais para a formação dos hormônios, além de ômega 3 que tem uma fração chamada Acido Docohexanoico (DHA) que também é outro elemento responsável pelo estímulo do óxido nítrico.

•Pimenta: além do estímulo cerebral devido ao forte aroma e sabor, é capaz de aumentar a freqüência cardíaca e sudorese, reações físicas similares à experimentada durante o sexo..

•Ostras: As ostras tem um efeito visual estimulante por se assemelhar ao órgão sexual feminino, mas também são ricas em fósforo e iodo, o que aumenta a disposição para o sexo.
O zinco e selênio também presentes estimulam a fertilidade e a efetiva produção de sêmen.

•Cenoura, abóbora e tomate: são ricos em betacaroteno, precursor da vitamina A, essencial para produção de hormônios sexuais, além de prevenir a cegueira noturna. Lembrando que é a noite que muitos dispõem para o ato sexual. Também não se pode esquecer do formato inusitado da cenoura, o que estimula o tato e paladar remetendo ao órgão masculino.

•Banana: além do similar efeito sensorial da cenoura, a banana é rica em magnésio, mineral necessário para produção de energia para um excelente desempenho sexual. É ainda rica em triptofano, aminoácido que aumenta o humor e a autoconfiança.

•Amora e framboesa: sua cor rósea avermelhado estimula áreas cerebrais que faz lembrar a cor dos órgãos genitais entumecidos pelo prazer. São ricos em vitamina C, o que diminui o stress oxidativo por ser um excelente antioxidante e vitamina E, importante para a produção de hormônios e impulso sexual.

•Gengibre: também de sabor e aroma fortes, contém propriedades estimulantes que ajudam a tornar o sangue menos viscoso, aumentando e prolongando a função erétil.

•Amendoim, amêndoas e nozes: são um verdadeiro elixir de sensualidade pois contém zinco e ácidos graxos para formação hormonal, ácido fólico e vitaminas B3 para a fertilidade, e ainda cálcio e magnésio para as contrações musculares orgásticas.

•Chá verde: um verdadeiro estimulante, aumentando a energia e vigor físico, contendo antioxidantes e flavonóides para um aporte maior de óxido nítrico.

•Especiarias como canela, açafrão e noz moscada: de imponente estímulo sensorial dado aroma exclusivo de cada condimento. São estimulantes, tônicos e vasodilatadores conferindo efeito afrodisíaco peculiar.

•Ovo de codorna: bastante conhecido como alimento afrodisíaco, tem a origem de sua fama em uma lenda de que por ser a codorna um animal que consegue ter diversas relações sexuais em um curto espaço de tempo, ela transmitiria esta potencia sexual para o ovo. Mas o ovo de codorna contém nutrientes importantes para a boa formação hormonal

•Vinho: além dos flavonóides oriundos da uva e que estimulam a ereção, o efeito alcoólico, e isso em moderada quantidade, deixa a pessoa mais desinibida e solta, portanto convidativa a uma envolvente noite de prazer.

É importante priorizar que nada isoladamente estimula a libido, e sim um conjunto de fatores como associar à boa alimentação uma freqüente atividade física para que a pessoa tenha um desempenho proporcional a seu desejo.
Estar emocionalmente envolvido e praticar sexo com segurança são tão ou mais afrodisíacos do que qualquer efeito químico de um alimento.





Texto de: Sacha Silveira Assessoria de Imprensa – Fonte: Dra. Liliane Oppermann - Nutrologa e médica ortomolecular - 20-02-2010


© É proibida a reprodução, cópia, republicação, redistribuição e
armazenamento por qualquer meio, total ou parcial ©
Copyright 1992 a 2014

As informações relacionadas à saúde, contidas neste site, tem caráter informativo, cultural e educacional.
O seu conteúdo não deverá ser utilizado para autodiagnóstico, autotratamento e automedicação.
Consulte sempre um profissional de saúde para seus diagnósticos e tratamentos.

IAOL, Jornal O Legado, Corpo e Mente, Momentos de Amor, Guia do Buscador,  e City Press são veículos de comunicação de propriedade da IAOL

IAOL - Integração Ativa On-Line Editora Ltda. (11) 4411-6380(11) 4411-6380 - geral4@iaol.com.br

Artigos Relacionados
:.
:.
:.
:.
:.
Comentários